Transtorno Bipolar: Você sabe o que é?

00:00:00 LàR Livre à Reflexão 0 Comments


Sem dúvidas você já ouviu falar sobre bipolaridade, geralmente se referindo a alguém que muda de humor constantemente como se em um momento estivesse feliz e no momento seguinte ficasse triste, ou mesmo alguém que mude de opinião constantemente. Esse é o erro mais comum. Diferente do que a maioria das pessoas pensam, o transtorno bipolar não se aplica a qualquer pessoa que altere estado de humor ou mude facilmente de opinião e é por isso que hoje estou aqui, justamente para levar mais essa informação para vocês.
   Como o próprio nome sugere, bipolaridade se aplica a pessoas que transitam entre dois polos, positivo e negativo, mania e depressão, euforia e tristeza e por aí vai. No caso do transtorno, o paciente transita entre estado depressivo severo, onde fica prostrado, não tem vontade de fazer nada, chora o tempo todo e não vê esperanças de melhora ou expectativa de vida, geralmente é nessa fase que muitas pessoas pensam em desistir da própria vida, e o estado maníaco, onde a euforia toma conta e a pessoa aparenta demasiada alegria e pode agir de maneira inconsequente, geralmente nessa fase o paciente assume uma sensação de invencibilidade e de fato não pensa no que pode resultar as suas ações, essa é a fase de maior perigo, pois pacientes no estado maníaco podem colocar a própria vida em risco, podendo até mesmo chegar ao suicídio.
   Atualmente temos no ar, numa grande rede de televisão, uma personagem que retrata uma paciente bipolar, quando me falaram da mesma se referiram a ela como paciente com dupla personalidade, porém quando fui pesquisar, na própria novela o médico da personagem relatou que a mesma sofre de transtorno bipolar, com o diferencial de traços psicóticos, o que faz com que ela nem sempre lembre o que fez na fase maníaca, o que gerou a confusão no público em geral.
   Dessa forma, termino meu texto alertando que a bipolaridade existe e é um transtorno sério, muitos pacientes sofrem com a doença e levam suas famílias em sua luta diária, então vamos respeitar.
   Abraços e até a próxima!


0 comentários: